10 anos depois: Pacientes que participaram de vídeo viral comemoram à cura

O que não te mata te faz mais forte. Há 10 anos essa frase marca a vida de Kauanny, Gabrielly, Ana Júlia, Angelita, Daniel, Matheus e Noah, pacientes do Hospital Nossa Senhora das Graças, de Curitiba que em 2012 estavam em tratamento de leucemia.

Na época, eles ficaram conhecidos na internet por um vídeo que viralizou e triplicou o cadastro de doadores de medula óssea em Curitiba e foi gravado no hospital. Ao som da música Stronger, da cantora norte-americana Kelly Clarkson, “What doesn’t kill you make you stronger” – eles aparecem cantando, dançando e segurando cartazes com frase de incentivo à doação de medula óssea. A versão brasileira do vídeo foi inspirada pelos pacientes do Seattle Children, Hospital dos Estados Unidos.

Em comemoração à vida e aos 10 anos de cura desses pacientes, o HNSG organizou no ultimo sábado, um encontro entre eles. Foi um piquenique no Parque Barigui.

“Os próprios pacientes entraram em contato com o hospital, lembrando dos 10 anos de gravação do vídeo Stronger e que gostariam de comemorar. Então resolvemos preparar um encontro especial para celebrar à vida. Ficamos muito felizes por fazer parte do processo de tratamento e cura de cada um”, diz a Ir. Maria de Fátima Sobral, Diretora Geral do HNSG.

Somos + Fortes – O Documentário

Lançado também para lembrar dos 10 anos do vídeo Stronger, o projeto ‘Somos + Fortes – O Documentário`, fala sobre superação e como a iniciativa do vídeo foi idealizada, com o depoimento de cada um que venceu a leucemia. Produzido pela Jfilms Produções, o documentário possui 27 minutos de duração e promete emocionar. Foi idealizado para transmitir ainda mais a importância da doação de medula. Assista:

Voltar