Hospital Nossa Senhora das Graças
Qualidade e Segurança
CONCEITOS DA QUALIDADE E SEGURANÇA
Política da Qualidade HNSG

A política da qualidade do Hospital Nossa Senhora das Graças é focar o cliente de forma segura, responsável, organizada, agregando valor e gerando um resultado positivo.


Certificação Hospitalar

É um processo de reconhecimento da existência de determinados padrões de qualidade nos serviços prestados, com o objetivo de garantir a qualidade da assistência aos pacientes.


Certificação Hospitalar do HNSG

O HNSG segue os padrões da ONA - Organização Nacional de Acreditação. E é avaliado pelo IPASS – Instituto Paranaense de Acreditação nos Serviços de Saúde.


O objetivo da busca pela Certificação Hospitalar

É ajudar a comprometer todas as pessoas e estimulá-las à obtenção de uma qualidade sempre mais elevada.


Níveis de Avaliação do Manual Brasileiro de Acreditação
Nível 1: Segurança – estrutura

Atende aos requisitos formais, técnicos e de estrutura; executa as atividades proporcionando a segurança do cliente/paciente, conforme o perfil e porte da organização.


Nível 2: Gestão Integrada – processos

Gerencia as interações entre os fornecedores e clientes; estabelece sistemática de medição do processo avaliando sua efetividade; promove ações de melhoria e aprendizado.


Nível 3: Excelência em gestão – resultados

Desempenho dos processos alinhados e correlacionados às estratégias da organização; os resultados apresentam evolução de desempenho e tendência favorável; evidências de melhorias e inovações, decorrentes do processo de análise crítica, assegurando o comprometimento com a excelência.


ABC da Qualidade e Segurança
FMP - É o Formulário, com finalidade de indicar as oportunidades de melhorias de processos para os setores.

FEA – É o formulário utilizado para notificar eventos adversos.

Procedimentos - São rotinas internas de um setor descritas e validadas pelos responsáveis com o objetivo de orientar o colaborador na execução de determinadas atividades do setor.

Planos de Contingência – São os chamados planejamento de riscos, tem como objetivo descrever as medidas institucionais para evitar ou corrigir acontecimentos indesejados.

Fluxograma – É a representação gráfica de passos necessários para execução de um processo.

Protocolos – Recomendações padronizadas para o manejo do paciente conforme suas condições clínicas, elaborados por equipes multidisciplinares com base em evidências científicas da literatura e experiência do Corpo Clínico.

MASP - É o Formulário Método para Análise e Solução de Problemas, com as ferramentas de qualidade utilizadas no HNSG (diagrama de ishikawa, plano de ação).

MAGISP - Matriz de Gerenciamento e Interação Sistêmica de Processos - É um mapa onde são apresentados produtos, fornecedores, clientes, atributos de qualidade, indicadores, procedimentos e riscos do setor.

Indicador - Levantamento mensal do desempenho do setor, utilizados para dar o direcionamento das ações, demonstrados nos painéis de bordo.

Plano de Ação – Formulário utilizado para determinar as ações, responsáveis e prazos de execução das atividades pendentes.

Auditoria - Medição e avaliação dos processos com o objetivo de verificar se estão em conformidade.
Compartilhe
twitter
facebook
Envie para um(a) amigo(a)